Quando a Internet não perdoa

Artigo analisa o quanto os internautas repudiaram ações controversas de marcas

O ano de 2016 foi bem movimentado nas redes sociais, alguns motivos começaram aqui: 


CATRACA LIVRE
O site deslizou feio ao postar matérias consideradas oportunistas por seus seguidores em meio à tragédia envolvendo o time da Chapecoense. Manchetes como “Medo de voar? Saiba como lidar com isso!” “Passageiros que filmam pânico em avião” e “10 mitos e verdades sobre viajar de avião” geraram uma forte indignação de sua audiência. Resultado: o site perdeu milhares de seguidores e recebeu uma enxurrada de críticas e “deslikes” em poucas horas. (1


NETSHOES
A loja online foi alvo de duras críticas quando no dia da tragédia envolvendo o clube Chapecoense aumentou o valor de suas camisas. A loja justificou o ocorrido “falha no sistema do site”, mas não conseguiu evitar a repercussão nas redes. (2)


DAFITI
A empresa colocou à venda camisetas com o termo “mulher burra”. Sim, você não leu errado. O termo misógino provocou a revolta de inúmeros internautas. A empresa então retirou o item de seu site e se pronunciou: “A Dafiti lamenta o ocorrido e esclarece que não compartilha a mensagem expressa no produto em questão e repudia qualquer tipo de manifestação de preconceito e discriminação.” (3)


HABIB’S X Mc DONALD’S
A marca brasileira lançou uma campanha em referência à mesmice da lanchonete americana. Porém, a concorrente não achou a mínima graça e entrou com uma ação no Conar exigindo a retirada do comercial do ar. De início o Habib’s reeditou a peça, retirando a parte polêmica, mas ao final do julgamento, precisou retirar de vez a propaganda do ar. Inúmeros internautas se manifestaram contra a decisão, acusando o Mc Donald’s de ser “antiesportivo”. (4)


BOB’S E OVOMALTINE
Foi só a rede de fast-food Bob’s anunciar o rompimento da parceria com o achocolatado Ovomaltine, para a internet não perdoar. Considerada uma das principais “separações de 2016”, o fato rendeu muitos posts nas redes. Marcas como Burger King, Giraffas e até a Philips entraram na disputa pelo melhor milk-shake. (5)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...