A história do Leite de Rosas

Embalagem do Leite de Rosas - história da marca
Inicialmente um líquido leitoso feito de álcool e cânfora, o Leite de Rosas nasceu em 1929 e já na década de 30 fez dos patrocínios uma forte ferramenta de marketing, expondo a marca em grandes eventos e contratando celebridades do rádio e da TV para campanhas. Carmem Miranda e sua irmã, Aurora, foram algumas das primeiras garotas-propaganda do hidratante, que afirma ter sido a primeira marca a usar anúncios coloridos e a mostrar moças usando biquinis em anúncios. 

Na década de 60, a embalagem, antes de vidro, passa a ser de plástico e na cor branca, com texto em rosa. Logo depois, o jogo de cores é invertido, e a embalagem ganha destaque nas prateleiras. Uma retomada agressiva no investimento em marketing na década de 80 rejuvenesce o Leite de Rosas, direcionando-o também para classes de menor poder aquisitivo, ganhando uma parcela maior da população. 

Em 2009, a empresa registrou um aumento de 3% em seu faturamento, o que equivale a R$ 74 milhões. Em volume de vendas, o crescimento chegou a 37% no segmento de desodorantes roll-on e a 5,2% no do spray, além de 9% em talcos. 

Fonte: O Botequeiro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...