Refrigerado Frigidaire - Anos 50

Mais um exemplo da série “marcas que viram sinônimo de produto”.  Ao adquirir a Guardian Frigerator em 1919, a General Motors Corporation renomeou a empresa para Frigidaire, que se tornou uma de suas divisões. No Brasil, os refrigeradores Frigidaire passaram a ser comercializados em 1930 pela GM local, aqui instalada desde 1925, e contribuíram muito para popularizar a marca da fábrica de automóveis. 

Os anúncios do produto enfatizavam tratar-se de “marca exclusiva da General Motors”. O que era luxo e exclusividade foi se popularizando no país, até que, no final dos anos 1940, a GM decidiu fabricá-la na unidade de São Caetano do Sul (SP). Aí virou febre – e sinônimo de geladeira. Em 1978 vendeu mais de 2 milhões de unidades. 

Um ano depois, com a compra da divisão via matriz, a marca passou para a White Consolidated Industries, dona da marca White Westinghouse, por sua vez vendida em 1986 à AB Electrolux, que mantém o nome Frigidaire no mercado mundial até hoje. Menos no Brasil, onde a Frigidaire foi vendida à Brasmotor, que a descontinuou.

Propaganda do refrigerador Frigidaire nos anos 50: marca que virou sinônimo de produto.

Fonte: Almanaque

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...