Estratégia Mercadológica da SADIA

Artigo que analisa a atual estratégia mercadológica da Sadia em apoio a eventos esportivos.

A marca é uma das empresas do Grupo BRF – Brasil Food – detentor da PERDIGÃO, Batavo, Elegê, Quality e outras. Durante muitos anos dominou o mercado nacional com seus produtos saborosos e sua mascote simpática: “um franguinho de óculos de motoqueiro e cheio de bossa que encanta gerações e gerações de consumidores com sua simpatia, vivacidade e jeito estabanado” [1]. Surgiu na década de 70 e na época o frango defumado era um dos carros chefes da marca.

Hoje, enfrenta a concorrência ferrenha do Grupo JBS (principalmente com a marca SEARA), que, após uma reestruturação – depois de ser adquirida pelo Grupo JBS em junho de 2013 – disputa os consumidores no mercado brasileiro de frango e derivados.

A marca tem investido bastante na propaganda televisiva (VT 30”), trazendo novamente as personagens da senhora simpática que vai comprar carne e o funcionário “espertalhão”, que tenta empurrar uma carne com padrões duvidosos – uma alusão à concorrente. Afinal de contas, a escolha é SADIA e qualquer outra carne oferecida levará um sonoro “Nem a pau, Juvenal” [2]. Recentemente, firmou parceria com Fernanda Montenegro e Fernanda Torres – talvez uma tentativa de concorrer com a garota propaganda da SEARA – Fátima Bernardes.

Atualmente a marca aposta no Marketing Esportivo, sendo um dos patrocinadores oficiais da CBF – Confederação Brasileira de Futebol – o que se trata de uma estratégia – ao primeiro olhar – interessante. Vale o registro de que a SEARA (sua principal concorrente) seria um dos patrocinadores da CBF (quando ainda pertencia a Marfrig), mas por não pagamento de parcelas e uso indevido da marca da seleção brasileira teve o contrato de patrocínio cancelado [3]. Melhor para a SADIA, que fechou contrato com a entidade.

No site oficial, encontramos um link para proposta de patrocínio esportivo, bem como uma parte dedicada a oferecer dicas, mostrar os atletas – com um mural com os esportistas do passado e atuais – clubes patrocinados e promover o bem estar das pessoas através do lema “A Sadia acredita que a gente tem que viver com prazer. E praticar esportes é mais um jeito de deixar a vida mais gostosa”.

Alguns podem achar que fica difícil conciliar muitos dos produtos da empresa (como nuggets, batata pré-frita congelada, pasteizinhos, kibes e frituras em geral) com a imagem de vida saudável, mas em meu ponto de vista a empresa torna tudo muito natural e convincente – e de fato o é – pois é do valor cultural do brasileiro beber cerveja acompanhada de tira gosto – e aí alimentos fritos estão inclusos. Até mesmo, dentre os atletas de destaque no site, encontramos o ginasta Diego Hypólito [4] - bicampeão mundial em solo, que afirma que “com certeza nuggets não podem faltar na mesa”.

Quanto ao fato de a SADIA associar sua marca ao esporte – em particular a este que é conhecido como uma das grandes paixões nacionais – o futebol – sinto certo receio e apreensão, pois em tempos de uma Copa do Mundo tão criticada e que vem sendo alvo de tantos protestos, para quantos dos brasileiros realmente significa algo que a seleção jogue por nós?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...