Máquina de Escrever Royal - 1948

Na propaganda impressa apresentada abaixo, veiculado em numa página inteira de uma edição de 1948 da Revista do Globo, o que aparece mais discreto é a marca do produto: “Royal, a máquina de escrever nº 1 do mundo!”.

A equipe que criou a peça publicitária preferiu enaltecer a ligação entre virtuosismo e instrumento, afirmando que os grandes e exigentes mestres da música só conseguem atingir o ápice de sua técnica e de sua arte se o teclado disponível for de um “piano de classe”. Fecham o material dizendo que, também no trabalho, só uma máquina perfeita pode proporcionar total satisfação.

Com objetivo de valorizar o produto, o texto diz que a procura “supera a capacidade de produção da fábrica”. Para tranquilizar “os datilógrafos, verdadeiros virtuoses do teclado”, informa que “esforços estão sendo feitos para que possam receber logo a sua Royal”.

Propaganda da máquina de escrever Royal, apresentada em 1948 em comparação a um refinado piano.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...